Blog /
Exercer poder achando que não tem?

Cléber

![Exercer poder](/files/36) * Date: 2019-07-21 Uma das boas coisas que aconteceram na minha timeline do LinkedIn foi a Gazeta do Povo publicar citações interessantes diariamente. É o tipo de coisa que praticamente garante que uma olhadela diária por lá valerá a pena. E é interessante que, exceto quando a frase em questão vai flagrantemente contra minha cosmovisão, na maioria das vezes eu dou lá meu like na postagem do dia. Exceto quando apareceu isso aqui: ![Gazeta quote: poder](/files/37) Li, reli e não entendi. Uma forma de exercer poder é pensar que não se tem poder? Como assim? Isso não faz nenhum sentido! Ou seria o caso de que a frase foi retirada de contexto, e “eles”, ao invés de um erro de gramática, realmente se refere a algum outro sujeito, talvez aquele famigerado “eles”, entidade genérica tão amada por alguns e tão indefinida? Deixei passar. Afinal, tenho mais o que fazer. “Hoje não tem o like” e bola pra frente. Mas o LinkedIn é uma rede curiosa. Bem diferente do Facebook, por exemplo. Nesta, o que você vê agora muito, muitíssimo raramente será o mesmo após uma atualização de página. Naquela, é bem provável que você veja a mesma coisa por muitos dias seguidos. E cá estava, novamente, a tal citação esquisita que não fazia sentido. E mais: com quarenta e quatro pessoas reagindo positivamente. Novamente, tentei entender o que estava sendo dito, mas nada de aparecer alguma luz. E então, já prestes a comentar (mui amigavelmente), dizendo que dessa vez não tinha conseguido entender, pareceu-me sensato procurar, primeiramente, a versão original da frase. E, para minha surpresa: ![Alice Walker](/files/35) Tradução correcta: ᐳ A forma mais comum pela qual as pessoas abrem ᐳ mão de seu poder é pensando que não tem nenhum. ᐳ — Alice Walker Oxe!, isso sim faz algum sentido. Você pode concordar, pode discordar, mas não pode negar que na frase original há, sim, alguma coerência, uma linha de raciocínio. E, ao frigir dos ovos, o que me deixa mais impressionado é que quase cinquenta pessoas leram, não entenderam bulhufas, e reagiram positivamente. Pare para pensar nisso. Chegou lá alguém na timeline da criatura, falou uma baboseira qualquer e, sem titubear, ela achou o máximo! "*Nossa, que frase linda! Toma aqui meu like.*" Como assim, pessoas? Como vocês se permitem fazer isso?

Curti

56 visitantes curtiram esse Item.

Anterior: Sonho de 2018-11-25 - Escuridão | Próximo: Robô velho